“O Duo Taufic é totalmente afetivo, amigo, carinhoso, transbordado de sentimentos bons com ótima música tocada pelos Irmãos Taufic, que parecem 1 em 2 ou 2 em 1... O timbre que eles conseguem em uníssonos é lindo, orquestral! A música jorra feito fonte abundante, incontáveis pontos de nascente, água fresca, límpida, harmoniosa e afetiva. Parece representar um amor que deu certo, que não tem rivalidade ou dúvida. É solidário, íntegro e cumplice. A música do Duo Taufic é linda, melhor do que palavras é ouvi-la tantas vezes até o coração amolecer e chorar muito. Ufa, uma beleza!” ...

(Egberto Gismonti )

Esse novo projeto se inspira totalmente no poder que a música tem de transformar o mundo num lugar sempre melhor, evoluído espiritualmente e humanamente, onde a força e a energia da música rompe os limites do som para tocar a alma de quem a recebe. Assim surgiu D’Anima, que em italiano significa D’Alma.  Mais uma vez o Duo Taufic impressiona o ouvinte com suas novas composições sempre focando em melodias fortes e baseadas na sonoridade especial da dupla, orquestrando de uma forma magistral o piano e o violão a serviço de um espaço comum, de uma sintonia plena e de um som claro e verdadeiro. Treze músicas compõem o  álbum “D’Anima” gravado na Itália em 2017, onze músicas do DUO e 2 releituras :“O Último Pau De Arara”, de Corumbá e Venâncio, e “Lôro” de Egberto Gismonti, também homenageado com a faixa que dá título ao disco : “D’Anima”. E um fato muito especial é que o novo álbum celebra os dez anos de existência do DUO, e traz na capa e no encarte uma linda tela pintada pelo Pai dos irmãos Taufic (Taufic José Hasbun Yacaman) ilustrando de maneira abstrata as teclas do piano e o braço do violão, completando assim uma verdadeira obra de arte em família.